quarta-feira, 9 de outubro de 2019

MARIANNE | SÉRIES NETFLIX




A trama gira em torno da mais famosa obra de Emma - “Marianne”, que é uma jovem escritora francesa. A obra retrata as suas experiências com Marianne desde a sua infância.
Marianne, uma bruxa satanista, atormenta Emma em seus pensamentos e faz com que a jovem escreva as suas histórias com a condição de não fazer nada contra as pessoas próximas a ela.
Entre as minhas primeiras impressões da primeira temporada da série, considero que o início e meio são bem instigantes. As transições de cena, cenário, figurino, o roteiro, etc. são muito bem elaborados.
No começo de cada episódio, a série traz citações de grandes nomes da literatura como Edgar Allan Poe. Além de passagens de tempo e recapitulações que são acompanhadas por um virar de páginas.
A bruxa, inicialmente, é muito bem interpretada pela atriz Mireille Herbstmeyer. Que é quem dá todo o grande potencial da série nos primeiros episódios. Outro aspecto positivo da série são os efeitos e trilhas sonoras que casam muito bem com as cenas.
A partir do sexto episódio eu acho que a série ficou um pouco confusa e deu uma balançada na expectativa que ela promete nos entregar. A série é um clichê do gênero bastante misterioso e, como citado, só me decepcionei com os capítulos finais.
Enfim, não quero trazer spoilers... Hahahaha. A minha expectativa não foi destruída quando terminei de assistir a série. Mas confesso que o nível dela baixou um pouquinho. E, se a Netflix renovar, trarei as minhas impressões da segunda temporada comparada à primeira.





Clique aqui para ter acesso ao trailer oficial da série.


quinta-feira, 18 de abril de 2019

POR QUE OS BRASILEIROS NÃO ESCREVEM COMO FALAM?

Trabalhando como voluntária há quase um ano, são muitos os questionamentos dos meus alunos em sala de aula. E o mais recorrente é: “POR QUE OS BRASILEIROS NÃO ESCREVEM COMO FALAM ou NÃO FALAM COMO ESCREVEM?”.
Pois bem, essas diferenças geram muitos conflitos, tanto entre nós falantes nativos, quanto entre os estrangeiros que aprendem e/ou têm interesse em aprender o nosso idioma.
Mas por que isso acontece? Porque a língua possui variantes diversas que são determinadas pela região, pelo grupo social, pela faixa etária etc. No entanto, em nenhuma outra língua as pessoas falam como escrevem. A escrita é uma tentativa de reproduzir graficamente a fala. Contudo, a fala é muito mais rica, mais dinâmica – e muito mais velha que a escrita. Não há como reproduzir o ritmo, a aceleração da frase, a pausa para destacar alguma palavra. Língua escrita e língua falada são diferentes. E assim devem ser tratadas: diferentemente.

Gostou do meu conteúdo? Curta a página, compartilhe a publicação e me siga nas redes sociais.

Facebook: @ppijsp 
Instagram: @siilvajessica_



domingo, 10 de fevereiro de 2019

COMO TREINAR O SEU DRAGÃO 3 | CINÉFILOS


Oi, gente! Tudo bem?


Ontem, fui assistir COMO TREINAR O SEU DRAGÃO 3. E não me arrependo! Levei o meu filho e ele também adorou o filme.


E, sim, aos 24 anos de idade, essa foi a primeira vez que eu fui a um cinema. Não poderia ter escolhido um momento melhor do que este!


Eu sou suspeita para falar de filmes infantis, amo todos. Bom, vocês já entenderam que eu me apaixonei pelo novo filme. Também acompanho a série na Netflix. Do início ao fim, um filme recheado de cenas muito bem construídas, a história é linda e sem esquecer de falar das emoções... Foram várias até a última cena!
Creio que o filme nos passa uma mensagem muito importante em relação ao animais, o amor que o Soluço carrega pelo Banguela é lindo e verdadeiro. E sabemos que no mundo atual, as pessoas são muito covardes com bichinhos. Os dois formam um só e foi isso que me conquistou desde o primeiro filme.


E claro, aproveitei que já estava por ali para reencontrar o meu amigo de longa data... Acho que vocês já o conhecem, mas ainda não havíamos exposto a nossa amizade tão íntima, Sylvester Stallone! Não espalhem, hein! (Risos)


Prosseguindo, a sala não estava tão cheia, o que eu achei ótimo. Além de ser muito aconchegante. Compramos um pacotão de pipoca salgada e dois copos de refrigerante. E não desviamos a atenção um minuto se quer da tela.

Eu achei o filme muito fofo e voltaria para assistir mais uma vez. Não vou dar spoilers, nem resenhar... Vou deixa-los na expectativa de assistir!
E gente... O Banguela apaixonado é a coisa mais linda do mundo! Assistam!


Não esqueça de me seguir no Instagram, clique aqui. Seja meu amigo (a) lá também!






sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

LÍNGUA PORTUGUESA | CONCURSOS PÚBLICOS

📖📖📖 Dica de estudo para CONCURSEIROS. 📖📖📖
⚜️⚜️⚜️⚜️⚜️⚜️ Língua Portuguesa ⚜️⚜️⚜️⚜️⚜️⚜️


→ COMO ESTUDAR?

1 - TEORIA: 30 % do tempo livre de estudo.
2 - PRÁTICA: 40% do tempo livre de estudo.
3 - LEITURA: 30% do tempo livre de estudo. Podemos incluir a leitura de fontes bibliográficas distintas, tipos distintos de textos. Tais como jornais, revistas, charges, poemas. É MUITO IMPORTANTE CRIAR O HÁBITO DE LEITURA!

Procure por provas anteriores para conhecer o perfil das provas que a banca aplica.

→ QUAIS SÃO OS NÍVEIS DE ANÁLISE DA LÍNGUA PORTUGUESA?

1 - FONÉTICO / FONOLÓGICO: Parte da língua responsável por estudar os sons da fala. Como são emitidos e como se dá a articulação destes sons.
Existe uma parte dessa matéria que pode ser cobrada em concursos públicos, chama-se PROSÓDIA. É a parte que estuda a posição da SÍLABA TÔNICA nas palavras.

2 - MORFOLÓGICO: Parte da língua responsável por estudar a estrutura/classificação dos vocábulos. Ou seja, a MORFOLOGIA está preocupada com o que a palavra é.
Exemplos da parte classificatória: substantivos, adjetivos, advérbios, artigos, verbos.
Exemplos da parte estrutural: prefixo, sufixo, formação de palavras, composição ou derivação.

3 - SINTÁTICO: Parte da língua responsável por estudar a função das palavras. É o modo como as palavras se relacionam dentro de uma sentença.
Exemplo do que é sintaxe: O papel que estou exercendo aqui. A função de uma professora, pois estou explicando para você alguma coisa.

4 - SEMÂNTICO: Parte da língua responsável por estudar o significado das palavras ou das expressões.
Exemplo: interpretação de uma sentença em outra sentença (sinônimos, antônimos).

5 - PRAGMÁTICO: Parte da língua responsável por estudar o sentido contextual das palavras ou das expressões.
A depender do contexto/estrutura dentro de uma frase, analisamos qual o conteúdo que essa estrutura carreia. 
Dentro da PRAGMÁTICA, pode-se encontrar uma outra estrutura chamada ESTILÍSTICA. Ela é a parte da pragmática que se preocupa em classificar os sentidos presentes na língua. Existem dois sentidos a serem analisados, são eles: DENOTATIVO (sentido real ou literal das palavras e expressões) e CONOTATIVO (sentido figurado, figuras de linguagem).
a) Exemplo do sentido DENOTATIVO: JOÃO ESTÁ CANSADO HOJE.
b) Exemplo do sentido CONOTATIVO: JOÃO ESTÁ UM PREGO.
JOÃO ESTÁ ACABADO.



👉 SE TU QUERES RECEBER MAIS DICAS DE ESTUDO, DEIXA UM COMENTÁRIO ABAIXO!


terça-feira, 8 de janeiro de 2019

A SOCIEDADE LITERÁRIA E A TORTA DE CASCA DE BATATA | RESENHAS CINEMATOGRÁFICAS

A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata se passa um ano após o término da segunda Guerra Mundial, e conta a história de Juliet Ashton, uma escritora inglesa que publica livros através de um pseudônimo masculino.


A produção, disponível na Netflix, é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito por Mary Ann Shaffer e Annie Barrows. Dirigido por Mike Newell, traz no elenco atores já conhecidos pelo público, Lily James no papel da jornalista Juliet e Michiel Huisman (conhecido por seu papel em Game of Thrones) como Dawsey, além de Glen Powell e Matthew Goode em papéis secundários.


O filme nos atrai rapidamente por ser diferente e até mesmo engraçado, porém a história contada por ele não tem nada de divertido. Tem como tema principal o horror e os traumas que a Segunda Guerra Mundial causou mundo afora e principalmente na pequena ilha de Guernsey, e também nos mostra as marcas que ficaram eternizadas na pele das pessoas que presenciaram essa época.


A obra apresenta paisagens magníficas e personagens que são muito bem construídos e extremamente humanos, sendo assim o tema amor está presente durante todo o enredo, mostrando que mesmo em meio a guerra há amor, e então nem tudo está perdido. O que vale para o período atual em que nos encontramos em nosso país!


Nas entrelinhas vemos um assunto de muita relevância que ronda todo o contexto, que é como a arte, especialmente a literatura, pode salvar as pessoas, pois em meio a todo o caos, um livro em suas mãos pode ser exatamente a fuga ou o esconderijo que você precisa, pode também ser a inspiração para seguir em frente, e a faísca de vida para continuar lutando quando tudo parece ser em vão.


Um filme para indicado para todos os gostos, que envolve guerra, romance, cheio de referências literárias como Jane Austin e, até mesmo um pouco de comédia, faz com seja impossível não se envolver com a narrativa e se emocionar a cada descoberta, uma obra que relembra nossa própria história e como o amor é importante!




VAMOS FALAR DE MÚSICA?


Oi gente! Tudo bem?
Então, todo mundo ouve e gosta de música, né? Eu, particularmente, tenho a música como um dos elementos fundamentais da comunicação entre seres humanos além da simples fala verbal ou escrita.
Assim como a literatura a música alimenta a nossa imaginação, muitas vezes descreve sentimentos, enfim... MÚSICA É VIDA!
Eu sigo uma banda no Instagram que se chama ELETRONE. Gente... Eu estou apaixonada pelo trabalho deles! No link que eu vou disponibilizar abaixo, consta um pouco do trabalho da banda e peço que ouçam com todo o carinho. A canção é linda! Além de, é claro, seguir o canal deles no Youtube e deixar um LIKE, né!
E, eu preciso contar um segredo... Já perdi as contas de quantas vezes dei replay no clipe! Rsrsrsrsrs 
Ajude a divulgar o trabalho deles. É muito mais do que merecido! Eu sou apaixonada por gente que realmente coloca amor no que faz. E a Eletrone ganhou meu coração!




O trabalho da banda pode ser encontrado no Spotify, através do link: https://open.spotify.com/artist/2yRvAjLTtBLz8GhKwZ2a7o
A música “O Sopro” tem vídeo clipe no Youtube, acesse através do link: https://www.youtube.com/watch?v=IwtytzXTzaA
Encontre e siga eles no Instagram: https://www.instagram.com/eletronebr/

SITE OFICIAL:

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

LITERATURA BRASILEIRA | MACHADO DE ASSIS - PARTE 1


Escritor brasileiro de grande influência, poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista e crítico literário, Joaquim Maria Machado de Assis nasceu no dia 21 de junho de 1839, no Morro do Livramento, Rio de Janeiro-RJ, mestiço, de uma família pobre, mal estudou em escolas públicas e nunca frequentou universidade. Interessado pela boemia e pela corte, lutou para subir socialmente abastecendo-se de superioridade intelectual e da cultura da capital. Para isso, assumiu diversos cargos públicos, passando pelo Ministério da Agricultura, do Comércio e das Obras Públicas, e conseguindo precoce notoriedade em jornais onde publicava suas primeiras poesias e crônicas. Em sua maturidade, reunido a colegas próximos, fundou e foi o primeiro presidente unânime da Academia Brasileira de Letras.
Assis testemunhou a abolição da escravatura e a mudança política do país quando a República passou a substituir o Império.
Sua extensa obra constitui-se de dez romances, duzentos contos, dez peças teatrais, cinco coletâneas de poemas e sonetos, e mais de seiscentas crônicas. É considerado o introdutor do Realismo no Brasil, com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881). Este romance é posto ao lado de todas suas produções posteriores como Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires, ortodoxamente conhecidas como pertencentes a sua segunda fase, em que se notam traços de pessimismo e ironia, embora não haja rompimento de resíduos românticos. Nessa fase, destacam-se as suas melhores obras que são as da Trilogia Realista. Já a sua primeira fase literária é constituída de obras como Ressurreição, A Mão e a Luva, Helena e Iaiá Garcia, onde notam-se características herdadas do Romantismo, ou "convencionalismo", como prefere a crítica moderna.
Sua obra foi de fundamental importância para as escolas literárias brasileiras do século XIX e do século XX e surge nos dias de hoje como de grande interesse acadêmico e público. Influenciou grandes nomes das letras, como Olavo Bilac, Lima Barreto, Drummond de Andrade, John Barth, Donald Barthelme e outros. Ainda em vida, alcançou fama e prestígio pelo Brasil e países vizinhos.
Hoje em dia, por sua inovação literária e por sua audácia em temas sociais e precoces, é frequentemente visto como o escritor brasileiro de produção sem precedentes, de modo que, recentemente, seu nome e sua obra têm alcançado diversos críticos, influenciados, estudiosos e admiradores do mundo inteiro. Machado de Assis é considerado um dos grandes gênios da história da literatura, ao lado de autores como Dante, Shakespeare e Camões. Sua consagração pode ser vista, entre outros exemplos, pelo fato de seu nome estampar o principal prêmio literário brasileiro, o Prêmio Machado de Assis.



quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

FILMES PARA ASSISTIR EM 2019 | PARTE 1


Olá, como vocês estão? Feliz ano novo para todos!
No mês passado listei as minhas leituras para este ano e quais as metas que pretendo alcançar com elas.
Como eu adoro filmes, resolvi montar uma pequena lista com os que quero assistir, rever e concluir. A maioria destes filmes está disponível na Netflix para quem tem acesso e, dependendo do título, você pode encontrar no Youtube também.
Começando pelo filme Julie & Julia... Que filme! Quero muito rever! Aliás, já assisti inúmeras vezes. (Risos). É um filme muito bom e, que de certa forma, conta a história de uma mulher que resolve criar um blog para falar de culinária e de um livro escrito por uma mulher, em uma época em que a masculinidade era soberana, ou seja, empoderamento feminino, comida, amor, renovação... Amo!!! Sem esquecer de citar a ilustre Meryl Streep... Diva demais, né?


Outro filme que está na lista e que preciso terminar de assistir se chama A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata, um filme MARAVILHOSO, cheio de romance que conta uma história linda. Vou resenha-lo para vocês em breve! O filme conta com a atriz Lily James. Outra atriz magnífica!


Um dos meus filmes favoritos e confesso que sou apaixonada é o filme Cinderella, também com a atriz Lily James. Eu amo os filmes da Disney! 


Aproveitando a deixa, cito o filme Irmão Urso. Ah, me faz chorar demais! Estão na lista dos filmes que quero rever.


Os filmes que estão na lista para assistir, ou seja, que não conheço são A Vida é Bela e Lá Vem os Pais, sim eu sou apaixonada pelo Adam Sandler e pelo Chris Rock. os melhores filmes são com eles! (Risos)



E aí, me conte aqui nos comentários quais são os filmes que você pretende assistir, rever e terminar de assistir!

Não esqueça de me seguir aqui no blog e também no Instagram.






sábado, 29 de dezembro de 2018

LEITURAS PARA 2019


Olá, como vocês estão?
29 de dezembro de 2018, e aí, como foi o seu ano?
Bom, eu tive meus altos e baixos como em todos os anos. Creio que isso faça parte da vida. Mas, tento elevar a minha gratidão pelas coisas boas que aconteceram e tomar como aprendizado tudo aquilo que não foi assim tão bom.
Vamos ao assunto? Vem comigo!
Eu não consegui ler todos os livros que pretendia em 2018. Iniciei alguns, parei no meio do caminho, me entediei, li outros obrigatórios (faculdade, projeto de leitura...), enfim... Vida de leitor!
Os livros os quais consegui concluir as leituras são “O Presidente Negro”, Monteiro Lobato e, dois livros infantis que recebi através de uma campanha do banco Itaú que são “Pedro vira porco-espinho”, Janaina Tokitaka e “Quero colo”, Stela Barbieri e Fernando Vilela. Em resumo, o livro do Lobato foi de suma importância para desenvolver o projeto com os meus alunos. Então, foquei apenas nele para planejar e buscar melhores estratégias de leitura já que se tratavam de alunos imigrantes com pouco conhecimento em nossa língua. Já os livros infantis, tive o imenso prazer de poder ler para o meu filho. Ele tem seis anos e começará a fase de alfabetização em 2019. O livro preferido dele é o da Janaina Tokitaka. Vou resenha-lo em 2019 junto ao livro do Lobato.
Para 2019, mas iniciando a leitura ainda no mês de dezembro de 2018, recebi uma indicação da minha melhor amiga da obra “Sonho de uma noite de verão”, William Shakespeare. Além de, estar lendo paralelamente a obra “Memórias póstumas de Brás Cubas”, Machado de Assis e um livro acadêmico “Literatura Portuguesa; ontem, hoje”, Flavia Maria Corradin e Lilian Jacoto. Leio pequenos trechos dos livros semanalmente.
Pasmem, eu ainda não li Shakespeare! Falando da obra indicada pela minha amiga, resumindo a sensação do pouco que li, a linguagem é linda e eu estou bem empolgada em levar adiante a leitura.
Agora, sugerindo um vídeo que fala sobre uma das obras do Machado de Assis, pois também quero ler no decorrer do ano que é “Um apólogo”. Assistam, é muito legal!
Enfim, tenho muitas novidades para 2019 e vou contando-as para vocês em publicações bem esporádicas. Estou cursando bastante disciplinas, mais uma vez!
Desejo que 2019 seja um ano de muitas realizações para todos nós e que apesar de futuras dificuldades que podemos enfrentar, não tenhamos vontade de desistir dos nossos sonhos.
Que a paz possa reinar em nossos lares, em nossas vidas e a saúde também!

ATÉ 2019!

Me encontre no Instagram, clique aqui.



sexta-feira, 16 de novembro de 2018

EXPERIÊNCIAS ACADÊMICAS EM 2018


Olá, como vocês estão? Espero que bem e que coisas boas estejam acontecendo em suas vidas!



Bem, eu estou ausente por um determinado momento. Estou realizando um projeto de extensão e trabalho voluntário na faculdade. E este se encontra em fase final. Prometo voltar a postar com mais frequência em breve. Compartilharei sobre o que aconteceu até o presente momento.
Há dois meses atrás, eu estava em busca do público-alvo e de uma mediadora para auxiliar no desenvolvimento do projeto e planejamento. Foi um tremendo sufoco, mas encontramos.
A mediadora já era voluntária da OSC em que estamos desenvolvendo o projeto. E hoje, eu inclusive, sou uma das voluntárias. Lá, trabalhamos com reforço escolar para crianças de uma comunidade carente (filhos de famílias locais da cidade, imigrantes e refugiados) e com aulas de língua portuguesa para uma comunidade haitiana e outra recém-chegada da Venezuela.
Como seria algo inovador, encaramos o desafio. Desde setembro de 2018, estamos desenvolvendo um lindo projeto de leitura com a população imigrante que a nossa OSC atende. A universidade em que eu estudo, nos cedeu uma sala para a realização das aulas e uma vez na semana estamos lá.
Estamos trabalhando com o autor Monteiro Lobato, o livro tema chama-se O PRESIDENTE NEGRO (originalmente intitulado O CHOQUE DAS RAÇAS em 1926, ano de publicação). A obra trata de temas bastante polêmicos, mas que têm a necessidade de serem levados para debates. Farei a resenha dele em breve aqui no blog.
Até o momento, nós e os alunos viemos cumprindo os objetivos do projeto que são desenvolver as habilidades linguísticas deles dentro da língua portuguesa. Conversamos sobre todo o tipo de preconceito, o que o livro aborda. Estão conhecendo a nossa cultura de forma contextualizada,  bastante dinâmica e lúdica. Eles têm demonstrado bastante interesse na leitura também. Dentre as últimas aulas, realizamos uma troca de culturas. Falei sobre a nossa literatura, os períodos, escolas literárias, autores destaques e eles sobre a literatura venezuelana.
Além de tudo isso, estou desenvolvendo de forma bastante imersiva os meus conhecimentos e habilidades na língua espanhola. Desenvolvo a minha opinião do que aprendo dentro das disciplinas teóricas, posso identificar quais as melhores formas de aplicação de metodologias, enfim... Que experiência incrível!
E dentro deste período de correrio alucinado, planeja aqui e estuda dali para não ficar em recuperação – risos -, participei de um evento da instituição junto à minha orientadora e outra colega extensionista e voluntária. Outra experiência maravilhosa, a qual fomos premiados em primeiro lugar. Parabéns pra nós. Dedico este reconhecimento à minha família, à OSC e todos os demais envolvidos. Nada disso seria possível sem vocês! ♥
Enfim, eu me tornei outra pessoa depois deste projeto. Completei os meus 24 anos da melhor maneira possível. Pois, jamais imaginei que chegaria até aqui. Sou de origem humilde e de uma família de verdadeiros guerreiros. Sou bolsista e nunca tive vergonha de dizer de onde venho. Aprendi a não desistir dos meus sonhos e que tudo é possível QUANDO NÓS QUEREMOS. A melhor experiência de empoderamento, é quando você decide ser dona (o) do seu futuro, trilha o seu próprio caminho, aprende com os seus erros e se torna uma pessoa melhor do que era antes, pois aprende a desconstruir tabus e outros estigmas que nós mesmos criamos e que não nos deixam sair da zona de conforto.
Neste período, o blog completou 1ano de vida. Eu não tive tempo de parar e curtir este momento. Sou grata por tudo o que o blog me trouxe. Há um ano atrás, eu queria encontrar algo que me desse prazer de fazer e então criei o blog. Eu amo escrever, tenho muita facilidade de me expressar dentro da escrita. Não somente o blog, mas também a faculdade, me trouxeram oportunidades incríveis. E eu não tenho palavras para expressar tamanho agradecimento por tudo isso.
Eu tenho muita paixão por escrever e ajudar o próximo. Sejam eles humanos ou animais. O meu coração é dono de um amor imenso. Me entrego com toda a veracidade em tudo o que faço e é isso que me faz ser quem eu sou. Acredito na bondade e que é através dela que a vida nos traz coisas boas.
Para finalizar, eu gostaria de declarar o carinho que sinto pelos meus alunos. Ele é eterno, jamais vou esquecê-los. Aprendo muito além de ensinar. Sei que o nosso país encontra-se em um período lastimável e que nem todas as pessoas veem vocês com os mesmos olhos. Muitas tratam mal, falam de coisas que nem sabem, atacam através do preconceito e não têm a mínima ideia do que vocês passaram para terem de sair da sua terra natal e vir para um país sem sequer saber falar o português com fluência, terem de se virar nos 30 para conseguirem sobreviver e poder dar sustento e paz para as suas famílias. Eu sei da luta de vocês e não a desmereço. Luto junto!
Eu sou grata por ter chegado até aqui. E creio que, deste momento em diante, oportunidades virão. Sei que sou capaz de realizar todos os meus sonhos. Sou capaz de amar e olhar para o meu próximo sem indiferenças. Eu sou #PROFESSORA.